A Campanha Março Lilás é uma iniciativa voltada para a conscientização e prevenção do câncer de colo de útero.

Campanha Março Lilás: a importância da prevenção do câncer de colo de útero

 22 de março de 2024

Ao longo dos anos, a Campanha Março Lilás tem desempenhado um papel crucial na disseminação de informações sobre o câncer de colo de útero, suas causas e, principalmente, a relevância da prevenção.

A falta de conscientização ainda é um dos desafios enfrentados por muitas mulheres em relação à prevenção do câncer de colo de útero. O evento busca justamente quebrar essas barreiras, promovendo a educação e incentivando o cuidado com a saúde feminina.

Vamos juntos entender essa campanha deste mês de conscientização e os passos para uma prevenção eficaz.

O que é a campanha Março Lilás?

A Campanha Março Lilás é uma iniciativa voltada para a conscientização e prevenção do câncer de colo de útero. Tradicionalmente celebrada durante todo o mês de março, o evento tem como objetivo principal informar e educar as mulheres sobre a importância dos cuidados ginecológicos, em especial na prevenção dessa forma de câncer.

Essa iniciativa é incrivelmente importante e valiosa para a saúde das mulheres em todo o mundo. O exame de Papanicolau, também conhecido como exame de citologia oncótica cervical, é uma ferramenta fundamental na detecção precoce de alterações pré-cancerígenas no colo do útero, e está incluso no check-up feminino do Sancet.

Este período de conscientização serve como um lembrete poderoso da necessidade de cuidados contínuos com a saúde feminina. 

O que é o câncer do colo do útero?

O câncer de colo de útero é uma condição grave que afeta as células do colo do útero, a parte inferior do útero que se conecta à vagina.

A causa mais comum desse câncer é uma infecção persistente por certos tipos de papilomavírus humano (HPV), um vírus transmitido sexualmente. Embora a infecção por HPV seja comum, na maioria das vezes o sistema imunológico consegue eliminar o vírus antes que cause danos. 

No entanto, em alguns casos, o vírus sobrevive por anos, contribuindo para o processo que pode levar algumas células do colo do útero a se tornarem cancerosas.

A detecção precoce é crucial para aumentar as taxas de sucesso no tratamento, por isso a conscientização e as campanhas de saúde pública, como a campanha Março Lilás, são fundamentais para encorajar as mulheres a realizarem exames regulares.

Quais são os principais sintomas?

Muitas vezes, nos estágios iniciais, esta doença não manifesta sinais claros. Porém, à medida que progride, alguns sintomas podem surgir:

  • Sangramento vaginal anormal;
  • Dor durante a relação sexual.; 
  • Corrimento vaginal;
  • entre outros.

É importante ressaltar que esses sintomas não são exclusivos do câncer de colo de útero e podem ser causados por outras condições. 

No entanto, se uma mulher apresentar qualquer um desses sintomas, especialmente se forem persistentes ou preocupantes, é importante consultar um médico para avaliação e diagnóstico adequados. O diagnóstico precoce do câncer de colo de útero aumenta significativamente as chances de tratamento bem-sucedido e de recuperação.

Como prevenir? 

Algumas ações podem ajudar a reduzir o risco de desenvolvimento desta doença: 

  • Vacinação contra o HPV:  medida preventiva essencial, recomendada para meninas e meninos antes do início da vida sexual. Essa vacina protege contra os principais tipos do vírus responsáveis pela condição.
  • Exames de Papanicolau: esse procedimento pode identificar alterações pré-cancerígenas no colo do útero, permitindo tratamento antes que evoluam para câncer. 
  • Práticas sexuais seguras: uso de preservativos também desempenham um papel importante na prevenção da transmissão do HPV e entre outras.. 

Ao adotar essas medidas preventivas, as mulheres podem reduzir significativamente o risco de desenvolver câncer de colo de útero e proteger sua saúde.

Qual é a importância de fazer o exame Papanicolau?

O exame de Papanicolau é essencial para prevenção do câncer de colo de útero, permitindo a detecção de células anormais. O procedimento envolve a coleta de células do colo do útero, que são então examinadas em laboratório.

O exame de Papanicolau é geralmente recomendado para mulheres a partir dos 21 anos de idade, seguindo até os 65 anos, com a frequência variando de acordo com a idade e os resultados anteriores do exame. 

Detectar alterações pré-cancerígenas por meio do exame de Papanicolau permite intervenções precoces, o que pode ajudar a evitar o desenvolvimento da doença.

Participe da campanha Março Lilás compartilhando este conteúdo nas redes sociais e ajude a espalhar a importância da prevenção do câncer de colo de útero!

Em resumo

Qual a importância da campanha março lilás?

A campanha Março Lilás desempenha um papel crucial na conscientização sobre a prevenção do câncer de colo de útero, promovendo educação e incentivando as mulheres a realizar exames preventivos e a vacinação contra o HPV.

Qual a importância do papanicolau?

O exame de Papanicolau é de extrema importância para a saúde feminina, pois desempenha um papel fundamental na detecção precoce de células anormais ou pré-cancerígenas no colo do útero.


Posts Relacionados


Hemograma: entenda a importância desse exame

Hemograma ou hemograma completo, é um exame que avalia a quantidade e a qualidade das células que compõem o sangue. Veja para que ele serve! [...]

Ver mais >>

Exame de ureia: saiba como funciona

O exame avalia a concentração de ureia presente no sangue do paciente. A ureia presente no sangue é proveniente do metabolismo da amônia (NH3). [...]

Ver mais >>

Coleta domiciliar: 6 vantagens para o seu conforto

A coleta domiciliar é um serviço de exames no qual o paciente recebe atendimento em sua própria casa ou em um local desejado. Assim, em vez de precisar se de [...]

Ver mais >>

Saúde da mulher: o guia completo para você

Ficar atento à saúde da mulher permite agir de maneira preventiva e identificar de forma precoce qualquer doença relacionada ao organismo feminino. Veja 10 c [...]

Ver mais >>